Home | Anuncie | Publique seu artigo | Normas para publicação | Boletim periódico | Classificados | Cadastre-se | F@le conosco

::. ... De volta às aulas
Thereza Bordoni e Laila Aninger
Consultoras em Gestão Educacional e Gestão de Pessoas, Processos e Projetos para Educação. Diretoras da A&B Consultoria e Desenvolvimento:
www.aebcd.com.br e do site www.vaganaescola.com.br ; Consultoras e articulistas da Revista Linha Direta.
Contatos:
tbordoni@vaganaescola.com.br


Depois de um mês de merecidas férias, chega fevereiro e com ele a volta às aulas.

Engana-se quem pensa que ao conquistar um aluno e efetuar a matrícula, o trabalho acabou. É agora que começa...

Ao iniciarmos mais um ano letivo é hora de dois grandes momentos na escola: realização do "encontro pedagógico" e inicio da fidelização dos alunos (novatos e veteranos). O início das aulas significa, ao mesmo tempo, excitação e medo. Por isso, é estratégico para a escola iniciar a conquista dos seus alunos nesse dia.

Uma recepção bem planejada, com atividades interativas que incluem professores, pais e funcionários, é o pontapé inicial para um ano letivo produtivo.

O primeiro encontro do grupo de professores para o planejamento do inicio do ano, comumente chamado de "encontro pedagógico" é fundamental para que esse pontapé inicial se transforme em gols no decorrer do ano letivo.

Em algumas escolas, esse primeiro encontro com os professores tem privilegiado um lado administrativo: a Direção apresenta um balanço das realizações do ano anterior, faz um levantamento dos pontos positivos e negativos e depois pede que os professores formem grupos para discutir os pontos levantados. Esse modelo, com reuniões intermináveis, com pouco ou nenhum proveito, está ultrapassado.

Em outras escolas, esse momento é utilizado como "capacitação" de conceitos pedagógicos, que não são frutos de uma análise criteriosa das demandas dos professores e têm assim com pouca utilidade prática. Nos grupos formados, o assunto em pauta é discutido por alguns minutos e o restante do tempo é o momento de colocar as "fofocas" em dia. Esse é um modelo que não tem se mostrado produtivo, e de pouco interesse para os participantes, sempre com os mesmos assuntos.

O que poderia ser uma ótima ferramenta para motivar os professores, ser um diferencial competitivo e criar um bom clima é desperdiçado. Discussões que não levam nenhum lugar. Reuniões que, no dia seguinte, na maioria das vezes, já caíram no esquecimento. Não é pedido que os professores apresentem algum resultado mensurável dos assuntos colocados em pauta.

Não queremos dizer que a apresentação do balanço do ano anterior e o levantamento dos pontos fortes e fracos ou a capacitação, sejam dispensáveis ou desnecessários. Estamos afirmando que este rico momento do inicio do ano pode e deve ser aproveitado para uma efetiva capacitação nas demandas no novo ano letivo. Sugerimos que este momento seja organizado em prol do verdadeiro propósito da escola e da organização da primeira quinzena de aula - já dizia um ditado popular: "a primeira impressão é a que fica".
Para isto:

  • Inicie a reunião com um momento descontraído onde colegas que estão se reencontrando possam conversar, "jogar conversa fora", matar saudades. Isso evita que os momentos de discussão sejam usados para esse fim.
  • Releia a Missão, o PPP e o Planejamento Estratégico da Instituição. Defina objetivos claros, coerentes e precisos: O que a escola quer para o ano que se inicia? Onde desejamos estar em dezembro? O que queremos manter, modificar ou eliminar.
  • Realize o encontro com a participação dos funcionários administrativos e pedagógicos. Mas lembre-se que tendo públicos diferentes é preciso ser mais criativo. Busque temas que contemplam cada grupo e também os funcionários novatos.
  • Apresente os dados do ano anterior de forma motivadora: Ressalte o que for positivo. Elogie os bons trabalhos realizados, leia cartas de agradecimento de alunos, pais e ex-alunos. Mostre o envolvimento da escola com a comunidade, apresente os resultados obtidos. Proponha a confecção de um cartaz coletivo onde cada professor/funcionário escreva um fato positivo que lhe ocorreu no ano anterior. Dessa maneira, todo mundo começará os trabalhos com boas lembranças, o que aumenta a geração de idéias e a produtividade.
  • Estimule sua equipe pedagógica. Diminua o tempo das palestras e dê algo com que o professor possa trabalhar: exemplos, casos reais, projetos. Estabeleça metas com datas para apresentação de resultados. Estabeleça metas para a Instituição, mas encoraje seus funcionários a criarem metas pessoais.
  • Organize com muito zelo os primeiros dias de aula: O fundamental é que a escola se mostre feliz em receber os alunos e, já nas primeiras horas de contato, procure estabelecer com eles uma relação de confiança.

Organizando o Primeiro dia de todos os outros dias...

O primeiro dia é muito importante para reforçar vínculos afetivos entre aluno / escola / família / professores.
Receber os estudantes com afeto contribui para melhorar a disciplina de alunos antigos e deixar os novatos mais à vontade.

Sugestões práticas:

  • Antes da chegada da turma, a escola deve estar limpa, reformada e bonita. Todos os funcionários, do porteiro ao Diretor, devem ter recebido orientações especiais para o atendimento aos alunos e famílias. Todos devem estar portando seus crachás.
  • Concentre-se no que foi prometido aos pais e aos futuros alunos no ato da matricula e no que eles desejam. Isto precisa ser cumprido pela sua instituição, desde o primeiro dia de aula. Certifique-se de que a sua equipe de professores e outros funcionários da instituição estejam cumprindo o que foi combinado.
  • Caso sua escola tenha um número grande de novatos, estabeleça um dia só para a recepção deste grupo. Para isso convide aqueles alunos veteranos que "vestem a camisa", para fazer parte da comissão de boas vindas. Este dia não precisa ter a duração de um dia de aula normal.
  • Programe a chegada dos alunos por série. Reserve um dia para os menores, outro para a 5ª, 6ª e 7ª e o último para a 8ª e o Ensino Médio. Assim, é mais fácil dar atenção a todos. A divisão de tarefas é essencial para o sucesso das atividades.
  • É importante que também os pais se sintam acolhidos. Uma boa opção e fazer uma palestra sobre a importância da sua participação na educação dos filhos e nas atividades da escola junto à comunidade. As mães de "primeira viagem" devem ter cuidados especiais. Programe uma palestra sobre adaptação só para este grupo.
  • Combine com os professores uma aula diferente, estimulante e prazerosa, com gosto de quero mais. Uma idéia é programar suas aulas realizando atividades que retratem a realidade do momento, como novelas, músicas, shows, notícias e organizar os conteúdos com aquilo que o aluno está vivenciando.
  • Programe para o intervalo um lanche especial, com tudo o que eles mais gostam, da pipoca ao cachorro-quente.
  • A educação Infantil deve preparar um cronograma especial, com horário diferenciado nos primeiros dias de aula, pois como já sabemos, a adaptação nessa faixa etária nem sempre é fácil.
  • Já na primeira semana, exponha os trabalhos realizados pelos alunos. Todos nós gostamos de ver apreciado aquilo que fazemos.
  • E como este ano já começamos com o carnaval, que tal um belo baile a fantasia, com as marchinhas tradicionais, para entrosamento entre pais, alunos, professores e comunidade?

A verdade, o mais importante neste momento é manter a coerência entre as expectativas e o real. Entre o que foi prometido e o que está sendo feito.
É preciso que a escola toda se sinta feliz com a volta dos alunos e que isto esteja explicito em cada gesto, em cada palavra.
Afinal, sabemos que a fidelização de nossos alunos não é conseguida com tapinhas nas costas, brincadeiras e cartões de Natal.
Ela é duramente conquistada, no dia-a-dia, com pequenos detalhes que nos diferenciam e marcam a vida dos estudantes para todo o sempre.

Bem vindos ao ano letivo de 2005!

Bibliografia:
Textos diversos, recebidos pelas autoras, de várias escolas para as quais dão consultoria.
Profissionais da Educação,
Envie suas sugestões, textos, trabalhos, reportagens, opiniões, etc. Eles serão publicados, neste Site, assinados por especialistas como você.
F@le conosco

Home | Anuncie | Publique seu artigo | Normas para publicação | Boletim periódico | Classificados | Cadastre-se | F@le conosco